quinta-feira, 02 dezembro 2021 14:45

Erasmus, Dia 4

Classifique este item
(0 votos)

Depois de um dia preenchido e com a cabeça cheia de imagens inesquecíveis, cabe-me a mim, hoje, relatar alguns momentos. Como todos os dias, tomámos o pequeno-almoço por volta das 8 horas, entre a comida e as conversas, o tempo passa rapidamente.

Chega o Dimitri para nos levar para mais um dia de intensa atividade. Iniciámos com a visita ao centro arqueológico de Livritha e seguimos para o nosso destino: a vila de Platamonas, cercada pelo monte Olimpo, com a sua beleza indiscritível, o seu castelo medieval, no centro, e o mar logo ali ao lado.  A História deste local foi-nos transmitida com pormenor pela nossa guia e quase chegamos a imaginar os homens e as culturas que por ali passaram. Claro que, entre momentos de pausa, todos aproveitámos para imortalizar a nossa passagem por ali com fotografias e filmagens. Os laços já se criaram e a amizade, entre todos, é bem real. Todos queremos guardar recordações, todos conseguimos entendermo-nos e eu que pensava que a língua ia ser um entrave à minha comunicação!! Já fizemos amizade com todas as delegações e sentimos que somos queridos, por todos eles.  O almoço foi em Paleos Panteleimon, aldeia típica de montanha, com casas cravadas na encosta do monte, de pedra e madeira, preservadas e bem restauradas. A praça é envolta de tavernas e bares, com duas enormes árvores no centro, com os seus longos ramos a abraçar algumas das varandas das casas. As ruas forradas de pedras irregulares, dão um ar rústico ao chão. Os cães e gatos vagueiam pelas ruas com um ar acolhedor, à espera de um miminho, de um pouco de atenção. São animais afáveis e habituados a acompanhar as gentes que os visitam. De regresso ao hotel, para descansar e recarregar baterias, até ao jantar. Vai ser uma noite musical, vamos ser representados pela Felícia com o seu instumento musical, a trompa  , e dar a conhecer e valorizar o nosso país e a nossa escola.

Kolindros, Elisabete Cruz Basto

Lido 128 vezes